atividades

Visita de Estudo a Lisboa, Alentejo e Sintra

Nos dias 15, 16 e 17 de fevereiro de 2018 os alunos das turmas 11.ºB, 11.ºC, 12.ºA e 12.ºB participaram numa visita de estudo, organizada e dinamizada pelo grupo disciplinar de Geografia. A visita teve como pontos de referência, em Lisboa, a Torre de Belém, o Mosteiro dos Jerónimos, o Terreiro do Paço, o Castelo de S. Jorge, o Chiado, Parque das Nações e o Marquês. No Alentejo foi possível visitar a Herdade de Vale da Rosa, o Centro de Interpretação de Alqueva, Barragem de Alqueva, cidade de Beja e Évora. Para finalizar, a visita a Sintra teve como ponto de referência o seu centro turístico.
No dia 15 de fevereiro os alunos saíram de Mondim de Basto rumo a Lisboa. Chegados a Lisboa foram encaminhados para uma visita à Torre de Belém e Mosteiro dos Jerónimos, alguns dos ex-libris da cidade e referência para a História do país, História da Arte e Turismo. Posteriormente, visitaram o Castelo de S. Jorge, onde se pode observar panoramicamente a cidade de Lisboa. Após a visita ao Castelo de S. Jorge, os alunos foram encaminhados até ao centro da cidade e ao Terreiro do Paço, onde puderam observar as intervenções urbanísticas pombalinas. Realizou-se a visita ao Parque das Nações, destacando-se a visita à Gare do Oriente, que se constitui como uma plataforma intermodal e que se destaca pela sua arquitetura particular e simbólica. A visita ao Altice Arena, espaço de eventos culturais internacionais, assim como à FIL, espaço de exposições e conferências de Lisboa, que se destaca pela forte componente de negócio, funcionando como um atrativo para turistas de negócios. Foi, ainda, possível observar a arquitetura exterior do Pavilhão de Portugal, com referência a elementos particulares da sua construção e à sua importância enquanto espaço de exposições. O regresso ao hotel realizou-se de metro.
No dia 16 de fevereiro a visita prosseguiu no sentido de Ferreira do Alentejo. O projeto da Herdade do Vale da Rosa é possível graças ao abastecimento de água feito pela Barragem de Alqueva. Neste espaço, foi possível fazer a visita a uma pequena parte da exploração vitivinícola em trator e ao armazém de embalagem e conservação das uvas.
Da parte da tarde a visita continuou com a ida ao Centro de Interpretação de Alqueva, onde os alunos foram elucidados, por um Engenheiro, em relação a todo o projeto e valências da albufeira de Alqueva. Após os esclarecimentos os alunos puderam visitar a albufeira do Alqueva.
O regresso a Lisboa fez-se por Évora. Nesta cidade os alunos foram convidados a visitar o centro histórico e, neste, o Templo de Diana, ponto de referência para a cidade.
Para finalizar o dia, realizou-se uma visita ao Chiado e Praça de Camões.
No dia 17 de fevereiro a viagem de regresso a Mondim de Basto teve como roteiro a passagem pelo Estoril e Cascais, áreas consideradas nobres da Área Metropolitana de Lisboa, com destaque à vila de Sintra que possibilitou a observação da Serra de Sintra e da sua influência no estado de tempo, sendo o seu centro histórico explorado do ponto de vista turístico. Neste espaço foi igualmente feita referência à importância literária de alguns dos seus espaços, como o Palácio da Pena.
Os objetivos da visita foram concretizados com sucesso, salientando-se o caráter transversal dos conteúdos abordados e o comportamento exemplar de todos os alunos nos diversos momentos da visita.