atividadesProjeto Urso Tolas

Luz(s) de Natal_ Somos Comunidade Protege Alvão

Por um belo dia de início de Inverno,  frio e enevoado, o URSO TOLAS procura no coração  do Alvão um possível abrigo para hibernar. Quando percorria os trilhos que dão acesso à bela aldeia do Barreiro, cansado e sequioso,  aproxima-se da margem do rio Olo e –eis senão quando! –  vislumbra pequenos objetos cintilantes junto à água. Curioso, – e não lhe cheirava a mel! – aproxima-se e, surpresa das surpresas!, percebe que aqueles pequenos objetos na verdade eram várias pilhas de relógio que alguém tinha abandonado em plena zona natural e protegida do parque do Alvão. O TOLAS ficou a pensar no que fazer com aquele lixo que contaminava a água e o solo daquelas belas paisagens…  Levantou a cabeça, olhou em volta e não viu nenhuma solução para se desfazer daqueles detritos. De repente, lembrou-se que trazia consigo um saco impermeável onde pretendia guardar alguns frutos que havia recolhido para o período de hibernação. Rapidamente se desfaz dos preciosos alimentos, coloca nesse saco as pilhas que havia encontrado e toma uma decisão:

– antes de hibernar, tenho ainda de fazer alguma  coisa. Este lixo não pode ficar aqui! Vou contactar os meus amigos aprendizes de eletricistas e de turistas e pedir-lhes ajuda para resolver este problema.  Tenho de pensar também numa solução para que casos destes não se repitam!!

–  como é possível que os visitantes destas áreas sejam tão irresponsáveis e não saibam uma pequena pilha contamina 500 litros de água, porque  contêm metais pesados e bioacumuláveis tais como: Chumbo (Pb), mercúrio (Hg) e Cádmio (Cd)!!!

– onde é que já se viu???? Será que não conhecem a estratégia dos 3R’s???

– vamos fazer deste exemplo o mote da ação coletiva, como o D’Artagnan – um por todos e todos por um!!!! E vamos disseminar por terras de Basto o slogan Para Proteger o Alvão, DEPOSITA as pilhas no pilhão!!

O URSO TOLAS adia por alguns dias o seu processo de hibernação e vai em busca de uma solução, em conjunto com a Escola, a comunidade e o parque natural do Alvão.

Desta ação do URSO TOLAS resultou um projeto de articulação disciplinar dos cursos Profissionais de Técnico de Instalações Elétricas e de Turismo, envolvendo as disciplinas de Tecnologias aplicadas, Eletricidade e Eletrónica, Português e História da cultura e das artes,  com o objetivo de sensibilizar a comunidade para a importância de depositar as pilhas em recipientes próprios- pilhões – e para proteger o ambiente, evitando a contaminação dos solos e dos cursos de água como o urso tolas presenciou no rio Olo.

O URSO TOLAS vai iniciar uma campanha de votos de Bom Natal à comunidade educativa, acompanhado de uma estrutura móvel de luzes, com o objetivo de apelar ao uso eficiente da energia e iluminação e à utilização de acumulações de energia recarregáveis para uma maior preservação do ambiente e da saúde.

Após esta campanha por um desenvolvimento sustentável, o Tolas inicia o seu processo natural de hibernação, porque também ele tem de recarregar as baterias para continuar a defender e proteger o Alvão.