atividadesUncategorized

Dia da Mãe

A disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica assinalou a efeméride do dia mãe com a realização de uma atividade com articulação intradisciplinar.

No 1º ciclo do ensino básico, após uma exploração pedagógico-didática da efeméride, os alunos elaboraram um cartão-flor dedicado à mãe.

No 2º ciclo do ensino básico, os alunos ilustraram e dedicaram à mãe uma página do livro “O teu dia mãe” de António Oliveira, José Oliveira e Nuno Viana. Em aula os alunos exploraram uma das histórias do livro e planificaram a ilustração pretendida. O livro foi oferecido às mães e pretende criar momentos de partilha entre mãe e filhos.

No 3º ciclo e 11º anos, elaboraram de uma rosa em folhas de jornal ou de livro com a inscrição “És a página mais bonita da minha história de vida”. O trabalho foi do agrado dos discentes e de forma simples mas carinhosa operacionalizaram a importância da demonstração do afeto filial.

A turma C do 11º ano para além desta atividade, realizou ainda, em TAA, uma recolha de receitas, das mães de cada aluno, que foram compiladas e encadernadas num livro.  Juntamente com a flor será entregue, no domingo, à mãe de cada um. Com esta recolha procurou-se envolver os encarregados de educação em atividades escolares e perpetuar e partilhar 19 receitas diferentes. Realizaram, ainda, um vídeo com frases que todas as mães dizem, que servem para nos divertirem, mas também para nos levar a pensar nalgumas atitudes que vamos tendo para já as termos ouvido, em algum momento da nossa vida.  Como forma de ter um gesto com as mães da comunidade elaboraram, ainda, duas placas que ficaram afixadas nas grades da escola. Os desenhos servem para a consciencialização dos filhos em perceberem que tal como as mães cuidam deles, na velhice, deverá ser ao contrário.

Ainda ao longo do mês de maio, dedicado também a Maria, mãe de Jesus, os alunos de EMRC, irão construir um mural, com fotografias das “nossas Senhoras” das suas terras. Para além de ser uma expressão religiosa, é também uma expressão cultural muito significativa e enraizada no povo português.