Dia da Mulher

Há várias explicações para a origem do Dia Internacional da Mulher ser a 8 de março. Uma delas é a própria luta das mulheres operárias por mais direitos e melhores condições de vida nas fábricas. Juntou-se a isso, o movimento sufragista que reivindicava o direito ao voto. Há quem afirme que a data foi proposta por causa de um incêndio em 1857, numa fábrica em Nova York. No entanto, este acidente nunca foi comprovado e o mais provável é que fizesse referência a um sinistro ocorrido na mesma cidade em 1911.  Na verdade, o 8 de março foi escolhido porque neste dia, em 1917, as mulheres russas protestaram exigindo melhores condições de vida. A manifestação reuniu mais de 90 mil operárias e ficou conhecida como “Pão e Paz”.

Na década de 70, a ONU reconheceu esta data como o Dia Internacional da Mulher.

As comemorações deste dia, hoje muito comerciais, ainda pretendem fazer refletir sobre o papel e a dignidade da mulher na sociedade, nem sempre reconhecido.

Na disciplina de TAA, no Curso de TTAR, assinalamos este dia com a criação de três silhuetas femininas e um texto que as descrevia. Criamos, ainda, um marcador de livro, que oferecemos ás mulheres da nossa escola e das nossas famílias.

Foi uma forma simples de assinalarmos o dia, mas antes simples do que passar em branco.

 

Lana Gonçalves, 10º C